Arquivo da tag: planejamento

Veja agora os Indicadores Econômicos atualizados e saiba também porque são importantes

Indicadores Economicos

Sites que informam em tempo real

 

https://br.investing.com/charts/live-charts

https://br.advfn.com/bolsa-de-valores/bovespa/indice-bovespa-IBOV/cotacao

https://oglobo.globo.com/economia/indicadores/

https://www.ifcmarkets.com.br/market-data/indices-prices

https://www.investimentonabolsa.com/p/cotacoes-indices-mundiais-em-tempo-real.html

https://www.infomoney.com.br/

https://www.anbima.com.br/pt_br/informar/estatisticas/precos-e-indices/indicadores.htm

https://www.portalbrasil.net/

 

https://finance.yahoo.com/quote/TQQQ?p=TQQQ&.tsrc=fin-srch

https://finance.yahoo.com 

https://markets.businessinsider.com/


Índices econômicos do Brasil: onde pesquisar

Banco Central do Brasil (BCB)
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
Fundação Getúlio Vargas (FGV)
https://www.portalbrasil.net/category/economia/indicadores-de-brasil/

 

Conceitos e informações básicas importantes

 

O que são indicadores econômicos?

Os indicadores econômicos são levantamentos estatísticos nacionais e internacionais que indicam a atual situação de uma determinada área, num determinado prazo ou tempo estimado que nos ajudam a entender o momento da economia de um país ou região sobre determinados aspectos.

Esse conjunto de dados organizados a partir de uma visão macro (macroeconomia) funciona como um "termômetro" para a economia, que reflete se o país ou região está se expandindo ou se contraindo economicamente e são usados como referência por investidores, empresários e pelos governos para avaliar a situação financeira e econômica dos países.

 

Mas por que é tão importante entender e acompanhar os indicadores? 

Entender quais são e o que representam cada indicador e assim poder acompanhar as suas variações é de extrema importância. Através deles poderemos identificar as diferentes situações dos diferentes mercados, bem como no auxiliam no reconhecimento dos melhores momentos econômicos e assim nos ajudam na tomada de decisões. 

É muito importante selecionar quais são os indicadores que mais influenciam a sua vida, o seu dia-a-dia, pois cada um de nós temos um posicionamento diferente na sociedade e assim fazemos partes de segmentos econômicos distintos, seja como pessoas físicas, seja como pessoas jurídicas.

Assim, os indicadores são usados para prever cenários do capital, entendendo tendências de crise e aceleração da economia. Dessa forma, é possível fazer planejamentos financeiros/orçamentários empresariais e construir estratégias de investimento mais assertivas. 

 

Quais são os principais indicadores que influenciam no Planejamento Financeiro/Orçamentário? 

 

Para começar a entender de como esses índices interferem numa empresa é preciso saber quando o termo macroeconomia surgiu:  

 

Com o colapso econômico que deu início da grande depressão de 1929 ficou clara a necessidade de estudos preventivos desses indicadores.

 

Para entender um pouco mais sobre o cenário e os movimentos do capital, é preciso saber que a macroeconomia compõe uma estrutura formada por cinco mercados:

 

  1. Mercado de Bens e Serviços: relacionado aos níveis de produção agregada e de preços.
  2. Mercado de Trabalho: regido pelo nível de emprego, pelas taxas de salário e pela mão de obra.
  3. Mercado Monetário: por meio do Banco Central do Brasil (BCB), que estabelece a taxa de juros, regula a demanda e a oferta de moeda.
  4. Mercado de Títulos: regido pela comparação entre renda e gastos, analisa e classifica agentes econômicos superavitários e deficitários.
  5. Mercado de Divisas: indica se a balança comercial é positiva ou negativa, deduzindo a quantidade de produto exportado pela de produto importado, ou seja, da moeda - estrangeira ou nacional - que entra ou sai do país.

 

Entender como funcionam esses mercados por meio de indicadores econômicos é uma forma de manter o planejamento financeiro e orçamentário  de uma empresa alinhados às tendências. Qual é o momento de voltar a crescer em larga escala? Como continuar no topo da curva de crescimento? Se você está ou almeja estar na posição de Controller, precisa saber responder essas perguntas.

 

Para começar é preciso conhecer os índices econômicos mais importantes:

 

PIB

Conhecido como 'Produto Interno Bruto', é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país como bens, produtos e serviços. O PIB é um dos principais indicadores econômicos e está ligado ao Consumo. Assim, quanto maior é o consumo, maior o PIB do país.

PIB PER CAPITA

Mede a renda média de cada cidadão, calculado a partir da divisão do PIB pelo número de habitantes da região. Assim, esse indicador mostra quanto cada habitante produziu em determinado período.

A Economia é uma grande roda, todos os assuntos são interligados. Ou seja, quando um preço aumenta reduz o consumo - o consumo reduzindo as empresas deixam de produzir (bens e serviços) o que impacta diretamente no  PIB. 

IDH

Índice de Desenvolvimento Humano é um resumo dos três pilares básicos para o desenvolvimento humano: Renda, Educação e Saúde. Quanto mais próximo de 1 (melhor o IDH e a qualidade de vida do cidadão), veja na pesquisa divulgada, o IDH do Brasil.

PNAD

A PNAD - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilios Contínua é realizada pelo IBGE.

O Instituto produz inúmeros indicadores mensalmente, trimestralmente e anualmente sobre o mercado de trabalho brasileiro, que são importantes para o planejemento socioeconômico deste País.

A PNAD, especificamente, fornece dados sobre a quantidade de pessoas empregadas, desempregadas, taxa de ocupação e taxa de desemprego. Também traz a média dos rendimentos dos trabalhadores.

Produção Industrial

Torna-se muito difícil avaliar o desenvolvimento de uma região sem uma indústria que seja forte, competitiva e diversificada. A indústria, dentre todos os setores produtivos, é o setor que mais exerce influência no crescimento do produto agregado. E por isso há um indicador que pede a produção industrial do país.

Felizmente, a produção industrial nacional é considerada relativamente diversificada. Contudo, é imatura, pois ainda está em processo de especialização em diversos setores, bem como avançou pouco no fortalecimento de cadeias produtivas com produtos mais avançados tecnologicamente.

Caso esse cenário não mude, a contribuição da indústria para o crescimento da economia poderá reduzir no futuro. E, com isso, diminui o potencial de crescimento da economia.

Taxa Referencial (TR)

A Taxa Referencial (TR) foi implementada no Brasil durante o Goveno Collor. O cálculo da TR é realizado a partir da Taxa Básica Financeira, que consolida informações dos juros praticados pelos maiores bancos do país.

Este indicador é importante para calcular o rendimento da caderneta de poupança e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Salário Mínimo

Considera-se salário mínimo o menor valor a ser pago em uma relação de trabalho que a lei permite que os empregadores paguem aos seus empregados pelo tempo e mão de obra na produção de bens e serviços. Também é o menor valor que alguém pode vender sua força de trabalho.

Por isso, o salário mínimo é um dos principais indicadores econômicos do nosso país.

Balança Comercial

A Balança Comercial é um indicador econômico referente à relação entre o total de exportações e importações de bens e serviços de um país em um determinado período.

O total de exportações de bens e serviços precisa ser superior ao de importações para que possa ter um superávit no saldo da balança comercial. Caso o contrário ocorra, registra-se um déficit.

INPC

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) está diretamente ligado ao dia a dia do brasileiro. Ele é um dos indicadores de inflação, mensura a correção do poder de compra dos salários, através da análise das variações de preços da cesta de consumo da população assalariada com rendimento mais baixo (até 5 salários mínimos). Esta faixa de renda foi criada com o objetivo de garantir uma cobertura populacional de 50% das famílias que tem como principal provedor (ou provedora) uma pessoa assalariada e pertencente às áreas urbanas de cobertura do SNIPC - Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor. As regiões cobertas pelo SNIPC são as regiões metropolitanas de Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Vitória, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, além do Distrito Federal e dos municípios de Goiânia e Campo Grande.

IPCA

O IPCA é o índice oficial de inflação no Brasil e significa Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Ele é calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O objetivo deste índice é medir a inflação das famílias com renda entre 1 e 40 salários mínimos de algumas regiões metropolitanas.

IGP-M

Quando foi concebido, teve como princípio ser um indicador para balizar as correções de alguns títulos emitidos pelo Tesouro Nacional e Depósitos Bancários com renda pós fixada acima de um ano. Posteriormente passou a ser o índice utilizado para a correção de contratos de aluguel e como indexador de algumas tarifas como energia elétrica. A sigla significa Índice Geral de Preços de Mercado. Diferentemente do IPCA, busca medir a inflação em todos os níveis de renda. Ele é composto por três outros índices, o IPA (Índice de Preços no Atacado), o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) e o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) com os seguintes pesos:

Item                                                                                Peso

IPA                                                                                  60%

IPC                                                                                  30%

INCC                                                                               10%

Fonte: Portal Brasil

Selic - Sistema Especial de Liquidação e Custódia

Essa sigla nada mais é que um sistema computadorizado utilizado pelo governo, sob responsabilidade do Banco Central do Brasil, para que haja controle na emissão, compra e venda de títulos. A taxa Selic é obtida pela média ajustada dos financiamentos diários apurados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) para títulos federais.  O Comitê de Política Monetária (Copom), em reuniões periódicas, define a meta da taxa Selic.  Você já deve ter ouvido esta informação nos noticiários na TV, jornais ou internet.

CDI - Certificados de Depósitos Interbancários

Os Certificados de Depósito Interbancário são os títulos de emissão das instituições financeiras, negociado exclusivamente entre eles, que auxilia no fechamento de caixa dos bancos, como instrumento de captação de recursos ou de aplicação de recursos excedentes.  Essas negociações entre os bancos geram a taxa DI, que tanto ouvimos falar como parâmetro de rentabilidade dos ativos financeiros de renda fixa, como por exemplo os fundos de investimentos DI, Multimercados e Renda Fixa. Nos nossos relatórios de desempenho mensal e no Relatório Anual, com certeza em algum momento essas "siglas" aparecerão. Elas vão servir de referência ou serão a causa/motivação dos resultados dos investimentos.

 

Veja também o nosso   Curso de planejamento financeiro e orçamento empresarial

Dicas de filmes e séries para Economistas, Traders e Analistas -> 

/blog/2020/3/14/dicas-de-filmes-e-s%C3%A9ries-para-economistas,-traders-e-analistas.aspx

Top sites sobre economia digital, física, matemática, biologia, ciência da computação, TI, gestão da informação, inteligência artificial, startups, gadgets, entretenimento, games, design e negócios digitais-> /blog/2021/2/16/top-sites-sobre-economia-digital,-f%C3%ADsica,-matem%C3%A1tica,-biologia,-ci%C3%AAncia-da-computa%C3%A7%C3%A3o,-ti,-gest%C3%A3o-da-informa%C3%A7%C3%A3o,-intelig%C3%AAncia-artificial,-startups,-gadgets,-entretenimento,-games,-design-e-neg%C3%B3cios-digitais.aspx 

Principais notícias, analises e artigos do dia de dezenas de fontes confiáveis (nacionais e internacionais)-> http://www.grupotreinar.com.br/blog/2021/2/6/not%C3%ADcias-do-dia-de-dezenas-de-fontes-confi%C3%A1veis-para-te-manter-bem-informado.aspx

 

 

Fontes:

https://bbprevidencia.com.br/blog/o-que-e-inpc-ipca-igpm-selic/

https://www.treasy.com.br/blog/indicadores-economicos/#

https://blog.bluesoft.com.br/7-principais-indicadores-economicos/

https://andrebona.com.br/11-principais-indicadores-economicos-que-voce-precisa-conhecer/

A importância do planejamento financeiro e orçamento empresarial

 

Planejamento Financeiro

 

O planejamento em uma empresa é essencial, visto que não se pode viver de imprevistos. As empresas bem organizadas sabem da importância e das vantagens de um bom planejamento de suas atividades em busca de seus objetivos, sendo que a área em que se deve dar atenção especial é a de finanças, pois os recursos são escassos e os riscos são grandes. Todavia, um planejamento financeiro não trata apenas de assuntos relacionados a finanças, ele contribui significativamente para que o planejamento estratégico tenha êxito.

Inicialmente deve ser feito um planejamento financeiro com projeção em longo prazo, que direcionará a elaboração de planos em curto prazo. Ambos são de suma importância para a organização. A seguir deve-se elaborar corretamente o orçamento como uma das etapas de um planejamento empresarial bem elaborado.

O orçamento é um valioso instrumento de planejamento e controle das operações da empresa, qualquer que seja seu ramo de atividade, natureza ou porte. Estabelece, da forma mais precisa possível, como se espera que transcorram os negócios da empresa, geralmente num prazo mínimo de um ano, proporcionando uma visão bem aproximada da situação futura. É através do orçamento que se estabelece metas com a equipe, dando, assim, uma visão clara de onde a empresa quer chegar.

O orçamento consiste em uma série de previsões, que serão feitas com base no que se espera acontecer em cada setor e no mercado em geral, sempre levando em consideração os dados históricos, fatos ocorridos no passado, que permitam o mínimo de previsibilidade. A sua  utilização pode ser compreendida como um plano, que engloba as operações anuais de uma empresa, onde é formalizado o desempenho das ações e funções administrativas, pois oferece vantagens pela efetiva formalização.           

Graças ao uso de orçamentos e de ferramentas que suportem Gestão por Indicadores é possível a sistematização do processo de planejamento e controle, criando-se um processo cuidadoso de análise de todos os fatores antes da tomada de decisões importantes.

 


Outro ponto importante na adoção de um orçamento é a constatação  de que ele deve ser naturalmente é aplicado em partes, para gradativamente suportar a operação de toda a empresa, e isto induz   todos os membros da administração interagir, fazendo com que se reduza o envolvimento dos altos administradores com as operações diárias através da sua distribuição de poderes.

Desta forma, um programa orçamentário sempre será de muita utilidade para qualquer organização, independentemente se deu tamanho e das  incertezas e riscos de todo o negócio. Podemos destacar dois principais benefícios em sua adoção:

 

a)    O orçamento ajuda a Administração mensurar efetivamente e a priori seus esforços, de forma que os objetivos possam ser atingidos e tornando possível uma coordenação geral transparente, pois elaborado o orçamento, todos passam a conhecer as metas e os objetivos da empresa por um determinado período;

b)    Mensalmente é possível o acompanhamento, através da comparação entre o previsto e o realizado, dando subsídios para eventuais correções e possibilitando um redirecionando das ações afim de assegurar o cumprimento mais fiel possível do projetado.

 

Veja também o nosso  Curso de planejamento financeiro e orçamento empresarial

 

Combinando com a experiência gerencial e executiva do Instrutor, os participantes são orientados passo-a-passo a definir um processo de planejamento financeiro  e orçamentário e assim mitigar possíveis riscos, dado que terão instrumentos de gestão baseados na realidade e no contexto da sua empresa.

 

Veja no link a seguir os Indicadores Econômicos atualizados e saiba também porque são importantes->

http://grupotreinar.com.br/blog/2021/2/6/veja-agora-os-indicadores-econ%C3%B4micos-atualizados-e-saiba-tamb%C3%A9m-porque-s%C3%A3o-importantes.aspx

 

Dicas de filmes e séries para Economistas, Traders e Analistas -> 

/blog/2020/3/14/dicas-de-filmes-e-s%C3%A9ries-para-economistas,-traders-e-analistas.aspx