Presencial  > 
Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas

Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas

Coordenador

Mestre em Controladoria Empresarial pelo MACKENZIE, MBA em Controladoria pelo IPEC, Bacharel em Ciências Contábeis pela FATI. Empresário no setor de contabilidade a mais de 30 anos. Atualmente é titular da Euthynes Auditoria e Consultoria onde atua como auditor e consultor de empresas. Como docente adquiriu experiência ao longo de 11 anos, nos cursos livres e Técnico em Contabilidade do SENAC-SP, e também como palestrante em várias instituições, e ainda a participação em bancas examinadoras de trabalhos para a conclusão do curso de graduação em Ciências Contábeis na Universidade Mackenzie. Atualmente professor de Análise de Balanços no curso de Pós-Graduação em Controladoria e Finanças do Centro Universitário SENAC / Sorocaba e professor de Contabilidade Geral na Universidade Cruzeiro do Sul.

Objetivo

Este curso tem como propósito oferecer ao egresso conhecimento básico dos novos conceitos fundamentais para a elaboração e apresentação das demonstrações contábeis, de acordo com as regras editadas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis para Pequenas e Médias Empresas, de conformidade com as Normas Internacionais de Contabilidade (The International Financial Reporting Standard for Small and Medium-sized Entities) – IFRS for SMEs.

Público-alvo

Tendo em vista a relevância do assunto, este curso é voltado para profissionais de contabilidade, diretores, gerentes, administradores, analistas de crédito e de investimentos, estudantes de contabilidade e demais usuários das demonstrações contábeis.
As aulas serão ministradas na forma presencial, onde será abordado os principais tópicos do "CPC - PME", com aplicação de exercícios de fixação.

Benefícios

Fornecer subsídios para os alunos realizarem uma imersão completa neste ambiente. Ao final deste evento o participante estará apto para:

  • Entender mais sobre esta prática, que propõe uma lista integrada de competências e sua importância, especialmente para profissionais de contabilidade, envolvidos na elaboração das demonstrações contábeis, diretores, gerentes, administradores, analistas de crédito e de investimentos, estudantes de contabilidade e demais usuários interessados em aprimorar os conhecimentos para melhor entendimento da nova forma de apresentação do Balanço Patrimonial e da Demonstração dos Resultados do Exercício;

 

  • Ter uma visão ampliada sobre a necessidade da convergência da Contabilidade Brasileira às Normas Internacionais de Contabilidade, e um melhor entendimento do processo de mudança , facilitando assim a sua aplicação prática nas Pequenas e Médias Empresas.

 

 

 

Investimento

Clique abaixo e receba de imediato os valores do investimento via email:

Data / Local

Data Inicial: terça-feira, 18 de abril de 2017

Local: Rua Álvares Penteado 203, São Paulo (confirmação do local até 7 dias antes da data de início). Veja detalhes->https://fastsalas.com/salas/13136/sao-paulo/rua-alvares-penteado

Período

As aulas serão durante o período noturno das 19:00 as 22:15 horas com intervalos para coffee breaks (no próprio local e já inclusos no investimento). Contemplando 42 horas de aula.

Conteúdo Programático


1. INTRODUÇÃO

  • O Comitê de Pronunciamentos Contábeis;
  • Demonstrações contábeis para fins gerais;
  • Contabilidade para pequenas e médias empresas (PMEs);
  • Aplicabilidade do Pronunciamento para PMEs;
  • Organização do Pronunciamento;
  • Manutenção do conteúdo do Pronunciamento.


2. PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

  • Alcance;
  • Descrição de pequenas e médias empresas.


3. CONCEITOS E PRINCÍPIOS GERAIS

  • Alcance;
  • Objetivo das demonstrações contábeis de pequenas e médias empresas;
  • Características qualitativas de informação em demonstrações contábeis.


4. APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

  • Características qualitativas de informação em demonstrações contábeis;
  • Compreensibilidade;
  • Relevância;
  • Materialidade ;
  • Confiabilidade;
  • Primazia da essência sobre a forma;
  • Prudência ;
  • Integralidade;
  • Comparabilidade;
  • Tempestividade;
  • Equilíbrio entre custo e benefício.

 

5. BALANÇO PATRIMONIAL

  • Ativo;
  • Passivo;
  • Patrimônio Líquido.

 

 

6. DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO E DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO ABRANGENTE

  • Desempenho / Resultado;
  • Despesa ;
  • Receita.

 

7. DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO E DEMONSTRAÇÃO DE LUCROS OU PREJUÍZOS ACUMULADOS

  • Objetivo;
  • Informação a ser apresentada na demonstração das mutações do patrimônio Líquido ;
  • Informação a ser apresentada na demonstração de lucros ou prejuízos acumulados.

 

8. DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

  • Alcance;
  • Equivalentes de caixa;
  • Informação a ser apresentada na demonstração dos fluxos de caixa.

 

9. NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

  • Alcance ;
  • Estrutura das notas explicativas.

 

10. DEMONSTRAÇÕES CONSOLIDADAS E SEPARADAS

  • Alcance ;
  • Exigência de apresentação de demonstrações consolidadas ;
  • Procedimentos de consolidação ;
  • Transações e saldos dentro do grupo econômico ;
  • Data de divulgação ;
  • Práticas contábeis uniformes ;
  • Aquisição e alienação de controladas ;
  • Participação dos não controladores nas controladas ;
  • Divulgação nas demonstrações consolidadas;
  • Apresentação de demonstrações separadas.


11. POLÍTICAS CONTÁBEIS, MUDANÇA DE ESTIMATIVA E RETIFICAÇÃO DE ERRO

  • Alcance;
  • Seleção e aplicação de políticas contábeis ;
  • Consistência das políticas contábeis;
  • Mudança nas políticas contábeis;
  • Mudança nas estimativas contábeis;
  • Retificação de erros de exercícios anteriores.

 


12. INSTRUMENTOS FINANCEIROS BÁSICOS

  • Alcance ;
  • Escolha da prática contábil ;
  • Instrumentos financeiros básicos ;
  • Reconhecimento inicial de ativos e passivos financeiros ;
  • Mensuração subseqüente ;
  • Custo amortizado e o método da taxa efetiva de juros ;
  • Divulgação das práticas contábeis para instrumentos financeiros.


13. ESTOQUES

  • Alcance ;
  • Mensuração de estoques ;
  • Custo de estoques ;
  • Custos de transformação ;
  • Alocação dos custos indiretos de produção ;
  • Produtos conjuntos e subprodutos;
  • Outros custos incluídos nos estoques ;
  • Custos excluídos dos estoques;
  • Custos de estoques de prestador de serviços;
  • Técnicas para avaliar custo ;
  • Métodos de avaliação do custo ;
  • Redução ao valor recuperável de estoques.

 

14. INVESTIMENTO EM CONTROLADA E EM COLIGADA

  • Alcance ;
  • Definição ;
  • Mensuração ;
  • Método do custo ;
  • Método da equivalência patrimonial ;
  • Método do valor justo ;
  • Apresentação das demonstrações contábeis ;
  • Divulgação.


15. INVESTIMENTO EM EMPREENDIMENTO CONTROLADO EM CONJUNTO (JOINT VENTURE)

  • Alcance ;
  • Definição de empreendimento controlado em conjunto ;
  • Operação controlada em conjunto;
  • Ativo controlado em conjunto ;
  • Entidade controlada em conjunto ;
  • Mensuração ;
  • Método do custo ;
  • Método da equivalência patrimonial ;
  • Método do valor justo ;
  • Transação entre empreendedor e empreendimento controlado em conjunto ;
  • Investidor sem controle conjunto ;
  • Divulgação.

 


16. PROPRIEDADE PARA INVESTIMENTO

  • Alcance ;
  • Definição e reconhecimento inicial de propriedade para investimento ;
  • Mensuração no reconhecimento inicial ;
  • Mensuração após o reconhecimento inicial ;
  • Transferência ;
  • Divulgação.

 

17. ATIVO IMOBILIZADO

  • Alcance ;
  • Reconhecimento ;
  • Mensuração na data do reconhecimento ;
  • Elementos do custo ;
  • Mensuração do custo ;
  • Troca de ativos ;
  • Mensuração após o reconhecimento inicial ;
  • Depreciação ;
  • Redução ao valor recuperável ;
  • Ativo imobilizado mantido para venda ;
  • Baixa ;
  • Divulgação.


18. ATIVO INTANGÍVEL EXCETO ÁGIO POR EXPECTATIVA DE RENTABILIDADE FUTURA (GOODWILL)

  • Alcance ;
  • Reconhecimento.


19. COMBINAÇÃO DE NEGÓCIOS E ÁGIO POR EXPECTATIVA DE RENTABILIDADE FUTURA (GOODWILL)

  • Alcance ;
  • Definição ;
  • Contabilização ;
  • Identificação do adquirente ;
  • Custo de combinação de negócios ;
  • Ajustes no custo ;
  • Alocação do custo ;
  • Ágio ;
  • Divulgação.

 

20. OPERAÇÕES DE ARRENDAMENTO MERCANTIL

  • Alcance;
  • Classificação de arrendamento mercantil ;
  • Reconhecimento inicial ;
  • Mensuração subseqüente ;
  • Divulgação.

21. PROVISÕES, PASSIVOS CONTINGENTES E ATIVOS CONTINGENTES

  • Alcance ;
  • Reconhecimento inicial ;
  • Mensuração inicial;
  • Mensuração subseqüente ;
  • Divulgação.


22. PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO

  • Alcance ;
  • Classificação de instrumento como passivo ou patrimônio líquido.

 

23. RECEITAS

  • Alcance ;
  • Mensuração da receita ;
  • Pagamento diferido ;
  • Troca de produtos e serviços ;
  • Identificação da transação de receita ;
  • Venda de Produtos ;
  • Prestação de serviços ;
  • Contrato de construção ;
  • Método de percentagem completada ;
  • Juros, Royalties e dividendos - Divulgação.


24. SUBVENÇÃO GOVERNAMENTAL

  • Alcance;
  • Reconhecimento e mensuração ;
  • Divulgação.

25. CUSTOS DE EMPRÉSTIMOS

  • Alcance ;
  • Reconhecimento ;
  • Divulgação.


26. PAGAMENTO BASEADO EM AÇÕES

  • Alcance ;
  • Reconhecimento ;
  • Mensuração ;
  • Divulgação.


27. REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVOS

  • Objetivo e alcance ;
  • Indicadores de desvalorização ;
  • Mensuração do valor recuperável ;
  • Valor justo menos despesa para vender ;
  • Valor em uso ;
  • Reconhecimento e mensuração de perda ;
  • Reversão de perda ;
  • Divulgação.


28. BENEFÍCIOS A EMPREGADOS

  • Alcance ;
  • Princípios gerais de reconhecimento ;
  • Reconhecimento e mensuração ;
  • Divulgação.


29. TRIBUTOS SOBRE O LUCRO

  • Alcance;
  • Contabilização dos tributos sobre o lucro ;
  • Reconhecimento e mensuração ;
  • Base fiscal ;
  • Diferenças temporárias ;
  • Ativos fiscais diferidos e passivos fiscais diferidos ;
  • Provisão para realização ;
  • Tributo retido na fonte ;
  • Divulgação.


30. EFEITOS DAS MUDANÇAS NAS TAXAS DE CÂMBIO E CONVERSÃO DE DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

  • Alcance ;
  • Moeda funcional ;
  • Divulgação de transações.


31. EVENTO SUBSEQUENTE

  • Alcance ;
  • Reconhecimento e mensuração ;
  • Divulgação.

 

32. DIVULGAÇÃO SOBRE PARTES RELACIONADAS

  • Alcance;
  • Definição ;
  • Divulgação.


33. ATIVIDADES ESPECIALIZADAS

  • Alcance ;
  • Agricultura ;
  • Reconhecimento ;
  • Mensuração ;
  • Divulgação.

 

34. ADOÇÃO INICIAL DO PRONUNCIAMENTO

  • Alcance ;
  • Adoção inicial ;
  • Procedimentos para elaboração de demonstrações contábeis na data de transição ;
  • Divulgação.

 

 

 

Certificado

A emissão dos certificados é individual, sendo confeccionada em papel filigranado com numeração única que é de controle do GrupoTreinar, possibilitando a verificação de sua integridade tão pronto quanto seja necessário.

Anexos

Descritivo completo do Curso Novas Regras de Contabilidade para PMEs

Reserva

Curso categoria Premium: opção de turmas com até 3 participantes para priorizamos um atendimento personalizado e exclusivo.

Reserve sua vaga agora!

Nome:  
Email:    
Telefone:  
    

Inscrição

Clique abaixo para efetuar a sua Inscrição, totalmente automática e online.

Disponível também In Company

Este conteúdo poderá ser customizado para atender na modalidade “in company”, inclusive fazer parte de programas personalizados de ensino semi-presenciais utilizando nossas ferramentas de ensino a distancia.

Requisitar Treinamento In Company

Favor preencher os dados a seguir para requisitar uma proposta para treinamento na modalidade In Company: